Ora o Sol, ora a Lua


Freud, se fosse poeta, em vez de falar em consciente e inconsciente, teria dito: Nós, como a Terra, somos iluminados ora pelo Sol, ora pela Lua. Os pensamentos e sentimentos que temos quando iluminados pela luz do Sol não são os mesmos sentimentos e pensamentos que temos quando iluminados pela Lua. Sol: o mundo brilha e somos inundados por suas cores e formas. Lua: luz suave, cheia de sombras e indefinições. Sob a luz do Sol nós trabalhamos. Sob a luz da Lua nós amamos. 

::Rubem Alves em Ostra Feliz não faz Pérola

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

café com Amigas!

Um dia Eu Voltaria.